Partilhe este artigo

YouTube TECNIQUITEL

Quais são os principais EPI’s para Cozinhas industriais?

O uso de EPI para cozinhas industriais é muito importante, uma vez que é um dos lugares onde ocorre maior índice de acidentes de trabalho.

Acima de tudo as cozinhas industriais são espaços que se dedicam à preparação de refeições para empresas de diversas áreas, tais como, companhias aéreas, hospitais, redes hoteleiras, hospitais, cantinas, penitenciárias, restaurantes e outros locais.

Trata-se de um ambiente laboral que exige muitos cuidados no que diz respeito à Higiene e Segurança no Trabalho (HST), requerendo o uso de EPI para cozinhas industriais e atenção redobrada às normas sanitárias.

Portando, a cozinha industrial é um espaço onde, para além de existir uma rotina de trabalho grande, os colaboradores trabalham em simultâneo e de forma continuada, na maioria das vezes limitados pelo tempo de entrega de alimentos quentes e com a qualidade exigida pelos clientes.

Por conseguinte, as cozinhas industriais podem tornar-se em ambientes de trabalho extenuantes, acima de tudo oferecendo perigos de ordem física relacionados com o uso de objetos pontiagudos e até mesmo de equipamentos cortantes, tais como facas, processadores, garfos, lâminas, óleos para realizar frituras, utensílios e equipamentos quentes e até o contato com alimentos quentes.

Além disso existe sempre a probabilidade da superfície do piso se encontrar escorregadia podendo causar quedas.   

Medidas de segurança numa cozinha industrial

Portugal dispõe de legislação bastante rigorosa no que diz respeito ao funcionamento das cozinhas industriais, nomeadamente no âmbito da sua conceção, nos materiais aplicados na sua construção, medidas sanitárias, equipamentos de trabalho, a contratação de operários e a documentação imposta.

No que diz respeito à segurança no trabalho é obrigatório que os colaboradores recebam formação adequada, de modo a estarem aptos para exercerem as suas funções com responsabilidade.

Ou seja, quem desempenha funções na cozinha deve saber como lidar objetos cortantes, agentes químicos, equipamentos para cozinhar que ficam no lume durante muito tempo, como fogões e fornos, para além de outras ferramentas que podem representar algum tipo de perigo.

Do mesmo modo, os profissionais da cozinha devem estar a par das normas de segurança em vigor, assim como as imposições técnicas definidas pela lei, cumprindo-as com empenho.

Quais são os principais EPI’s para trabalhar numa cozinha industrial

O uso de EPI para cozinhas industriais é fundamental para assegurar a segurança dos colaboradores no decorrer do exercício das suas funções na cozinha industrial. Estes equipamentos devem ser entregues de forma gratuita pela entidade patronal e devem ser apropriados aos perigos existentes no local de trabalho, assim como estarem em perfeito estado de conservação e funcionamento. Por sua vez o trabalhador tem a obrigação de usar o EPI para o propósito a que ele se destina e cuidar da sua conservação.

Os principais EPI’s para uma cozinha industrial são:

Calçado de Segurança

O calçado de segurança tem como missão efetuar a proteção dos pés do utilizador em relação ao possível contato com objetos pontiagudos, ferramentas de corte, respingos de materiais com temperaturas elevadas e quedas de panelas. O uso de calçado de segurança com sola apropriada também é essencial para prevenir quedas e escorregadelas no ambiente laboral.

Academia de Treino TECNIQUITEL

Máscara de proteção

A proteção respiratória efetuada com máscaras de proteção adequadas impedem a inalação de partículas potencialmente perigosas, como, por exemplo, o pó de farinha, que pode provocar uma irritação ao nível do sistema respiratório. As máscaras descartáveis também evitam que o colaborador contamine os alimentos, conferindo assim uma maior higiene sobre os produtos alimentícios a serem manipulados.

Toucas

O uso de touca é fundamental, pois são elas que asseguraram a higiene no preparo dos alimentos, evitando que os cabelos caiam sobre os alimentos manipulados no momento em que o trabalhador realiza as atividades na cozinha.

Luvas de proteção

As luvas de segurança são essenciais para a proteção das mãos do colaborador que realiza trabalhos na cozinha. Existem vários tipos de luvas para cada tipo de tarefas. Por exemplo, quem lida com objetos pontiagudos, lâminas e facas deve usar luvas de malha de aço. Os funcionários que manipulam produtos químicos e produtos de limpeza corrosivos devem utilizar luvas de látex para proteger as mãos e parte do antebraço, dependendo do modelo.

Por outro lado, as luvas térmicas são indicadas para proteger as mãos contra temperaturas muito altas, decorrente da utilização de equipamentos onde persistem temperaturas elevadas, como é habitual no uso de panelas ao lume, forno, assadeiras e fritadeiras. Existem ainda modelos adequados para manusear produtos congelados.

Estão disponíveis também luvas de vinil descartáveis que regra geral são usadas para manusear os alimentos, evitando assim contaminações.

Aventais

O tronco é uma região do corpo que fica bastante exposta aos riscos presentes na cozinha, logo os aventais são fundamentais para conferir uma proteção térmica e química aos profissionais da cozinha industrial.

Recomendações finais sobre os perigos do trabalho na cozinha industrial

Para concluir, podemos dizer que não é apenas o uso dos EPI’s por parte dos trabalhadores que o ajudam a proteger contra os acidentes de trabalho. É aconselhável que os funcionários também leiam e utilizem os manuais de segurança. Não há segurança no trabalho sem conhecimento.

É importante obedecer às orientações transmitidas pelo responsável da segurança do local onde trabalha. Assim também deve aproveitar as formações que esses profissionais proporcionam, informando-se mais sobre a utilização dos EPI’s.

Outra recomendação muito importante é verificar se os EPI’s que utiliza estão dentro da validade, assim como também deve verificar o seu estado de conservação, antes de usar. Desta forma, evita correr riscos do trabalho na cozinha industrial.

O essencial é mesmo manter a saúde e o bom desempenho do colaborador dentro do ambiente da cozinha industrial.

Saúde Ocupacional TECNIQUITEL

Tags

Partilhe este artigo

Luís Paulo
Assistente de Comunicação e Marketing
21 de Maio de 2024

Deixe um comentário

NEWSLETTER TECNIQUITEL

Registe-se para receber informação relevante sobre as nossas Soluções de Segurança.

  • © 2023 TECNIQUITEL S.A. | Todos os direitos reservados | by ALMABRAND